Oficina de miniconto com a escritora Andréa del Fuego na Lapa

 

Andrea del Fuego - Crédito Renato Parada

Andréa del Fuego – Crédito Renato Parada

 

A atividade acontece no Centro Cultural e de Estudos Superiores
Aúthos Pagano nos dias 28 e 29 de   agosto

 

O Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano promove nos dias 28 e 29 de agosto a oficina O tamanho do miniconto, com a consagrada escritora Andréa del Fuego. A atividade é gratuita e está agendada para às 14 horas. Em 8 horas de aulas vão ser realizados exercícios de criação literária de escrita breve, abordando a concisão, a relação entre o texto e o seu meio de publicação, além da criação, leitura e discussão de textos produzidos pelo grupo. A ação é destinada a quem gosta de escrever e interessados nos mecanismos de criação e na discussão dos próprios textos em exercício, com faixa etária indicada de 15 anos ou mais.

_

O equipamento da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo é gerenciado pela SP Leituras e fica localizado na Rua Tomé de Souza, 997, no bairro Alto da Lapa. As inscrições podem ser realizadas por e-mail (agenda@centroculturalauthospagano.org.br) até o dia 21 de agosto (ou até o preenchimento total das vagas).

_

Andréa del Fuego é escritora, paulistana, formada em filosofia pela Universidade de São Paulo (USP). Autora de nove livros de ficção, entre eles o romance Os Malaquias, obra vencedora do Prêmio José Saramago cujos direitos foram vendidos para Israel, França, Argentina, Itália, Croácia, Suécia, Romênia, Alemanha e Portugal. Recebeu da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo a Bolsa de Incentivo à Criação Literária, com a qual escreveu e publicou a obra Engano seu. É vencedora do II Literatura Para Todos, prêmio concedido pelo Ministério da Educação com a novela Sofia, o cobrador e o motorista. Seu romance juvenil Sociedade da caveira de cristal foi selecionado para o PNBE 2009 e para o Programa Apoio ao Saber 2012. Escreveu o romance As miniaturas com bolsa de criação literária do Programa Petrobrás Cultural. Já participou de dezenas de eventos literários nacionais e internacionais, em países como Argentina, Alemanha, China, França e Portugal. Integrou a comissão de seleção ou o júri de prêmios como SESC de Literatura, Portugal Telecom e Barco à Vapor.

_

 

AP-Mailmkt-TamanhoMiniconto

_

Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano
O Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano é um equipamento da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerenciado pela organização social de cultura SP Leituras. Está instalado numa casa em estilo modernista construída em 1929, o terceiro imóvel da cidade a abandonar os adornos e apresentar um visual limpo e com linhas retas, levando a assinatura do arquiteto Gregori Warchavchik. Foi inaugurado em 1982 e atualmente promove atividades ligadas a diversas expressões artísticas, como dança, coro e oficinas literárias. É um importante ponto de cultura na zona oeste da capital paulista.

_

SP Leituras

A SP Leituras – Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura – é uma organização social sem fins lucrativos, criada em maio de 2010. É uma instituição de natureza cultural, engajada em ações relacionadas à propagação do gosto pela leitura em todos os segmentos da população, aos mais variados públicos, com atenção especial a pessoas com deficiência. É responsável pela gestão da Biblioteca de São Paulo (BSP), localizada no Parque da Juventude (antigo presídio do Carandiru), e da Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL), situada no Parque Villa-Lobos, na zona oeste. Também coordena o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas (SisEB), que realiza a qualificação de equipes das bibliotecas dos 645 municípios paulistas, além de promover mais de 400 eventos culturais em todo o Estado.